Eduardo Bolsonaro vai e Eric Trump vem?


O governo brasileiro considera que o presidente Donald Trump poderá designar um de seus cinco filhos, Eric, para assumir a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil. A avaliação é que, ao indicar um dos filhos do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo, para a Embaixada do Brasil nos EUA, os americanos enviariam alguém "com o mesmo perfil", o que ajudaria a estreitar as relações entre os dois países.


Segundo um interlocutor do governo, a indicação política seria "um sinal de prestígio sem igual", pois considera que os americanos costumam fazer esse tipo de indicação para países como Rússia, China, Reino Unido, Canadá, Israel, Polônia e Hungria. O Brasil, por sua vez, não possui tradição de fazer indicações políticas, especialmente para a Embaixada nos EUA, que é uma das mais disputadas no meio diplomático. "Além da importância de abrir portas, há o fator compreensão do momento político dos dois países", disse uma fonte.

Posts recentes

Ver tudo

Ricardo Salles pede demissão do governo

Alvo de investigações, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu hoje demissão do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Logo depois, Salles concedeu entrevista a jornalistas justificando a

Impactos na economia do Brasil das 500 mil mortes

A marca de 500 mil mortes por covid-19 é muito mais que qualquer comparação que possa ser feita: sete Maracanãs lotados em final de Copa do Mundo, uma cidade como Florianópolis, o total de nascidos em

PIB surpreende e cresce1,2% no 1º trimestre

A economia brasileira começou 2021 em crescimento, confirmando a melhora de perspectivas para o ano como um todo e aumentando as chances de as perdas causadas pela covid-19 serem recuperadas até dezem