Doria pede ao PSDB para ajudar Bolsonaro a governar


Em sua primeira viagem oficial a Brasília como governador eleito de São Paulo, João Doria pediu ontem à bancada do PSDB no Congresso que ajude o presidente eleito Jair Bolsonaro a governar, começando pela aprovação da reforma da Previdência. O encontro ocorreu no momento em que o deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP) deu aval para que o PSL tenha espaço no secretariado do tucano, segundo o Estadão.


Doria foi o primeiro governador eleito a ser recebido em audiência por Bolsonaro. Essa aproximação, porém, encontra resistência no PSDB. Derrotado na disputa pelo Palácio do Planalto, o ex-governador Geraldo Alckmin, presidente do partido, prega que os tucanos sejam agora oposição e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso tem trocado farpas com Bolsonaro pelo Twitter.


Há ainda uma ala do PSDB que rejeita a ideia de alinhamento automático com o novo governo e outra que defende a adesão. A posição oficial da sigla será definida em reunião da Executiva Nacional, marcada para o dia 22, em Brasília.

Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro na ONU, monte de mentiras e exageros

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Pacheco devolve MP que liberava as fake news

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Fux: ameaça de Bolsonaro é atentado à democracia

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que