Ciro Gomes fica sozinho


Mais uma derrota para o candidato Ciro Gomes (PDT): o PSB vai anunciar a neutralidade no primeiro turno das eleições 2018, depois de fechar um acordo com o PT e se comprometer a não apoiar nenhum nome à Presidência da República na primeira parte da corrida eleitoral.

Sem aliança com outros partidos, Ciro terá apenas 5% do horário eleitoral, cerca de 36 segundos por bloco. O tempo é oito vezes menor do que o do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que sozinho tem cerca de 40% da propaganda eleitoral gratuita.


Por esse acordo, o PT vai retirar a candidatura da vereadora de Recife Marília Arraes ao governo de Pernambuco, o que levará o partido a apoiar o governador Paulo Câmara. E o PSB fica neutro na disputa nacional, liberando os seus diretórios a se aliarem a candidatos do PT em cerca de 14 Estados, inclusive Minas Gerais, onde o ex-prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda era apontado como candidato ao governo. Sua candidatura será retirada. Porém, Marília Arraes e Lacerda prometem resistir ao acordo.



Posts recentes

Ver tudo

PIB surpreende e cresce1,2% no 1º trimestre

A economia brasileira começou 2021 em crescimento, confirmando a melhora de perspectivas para o ano como um todo e aumentando as chances de as perdas causadas pela covid-19 serem recuperadas até dezem

Rejeição a Bolsonaro volta ao recorde de 59%

Pesquisa PoderData, do portal Poder360, realizada nesta semana (24-26.mai.2021) mostra que a reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro voltou a subir e igualou o recorde de 59%, uma alta de 5

Ministro Salles acusado de facilitar contrabando

Ao autorizar a abertura da Operação Akuanduba na manhã desta quarta, 19, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, afirmou que as investigações da Polícia Federal descortinaram um ‘