top of page

PT, especialista em confusão

O Partido dos Trabalhadores continua incansável na sua determinação de azucrinar o processo eleitoral. No começo da propaganda pelo rádio, anunciou Lula candidato, quando ele já estava inelegível. O TSE mandou retirar a propaganda. E seus advogados vão insistir em recursos no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e no Supremo Tribunal Federal (STF) para que possa concorrer.


Mas o ministro Luiz Roberto Barroso, relator do processo de elegibilidade no TSE, deixou muito claro: as duas Cortes maiores da Justiça nada podem fazer contra o fato de que Lula foi condenado em segunda instância por um colegiado e, portanto, enquadrado na Lei da Ficha Limpa. E não dá para eliminar a lei com uma canetada.


Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro na ONU, monte de mentiras e exageros

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Pacheco devolve MP que liberava as fake news

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Fux: ameaça de Bolsonaro é atentado à democracia

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page