Bolsonaro pede dinheiro por “serviços ambientais”

O presidente Jair Bolsonaro discursou nesta quinta-feira na cúpula do clima convocada pelo presidente Joe Biden ainda se vangloriando de feitos duvidosos na área do meio ambiente e pedindo ajuda financeira para os países participantes do evento. Bolsonaro afirmou que o mundo pode contar com o Brasil no combate às mudanças climáticas, informa o Estadão.


"Continuamos a colaborar com os esforços mundiais com a mudança do clima. Determinei que nossa neutralidade climática seja alcançada até 2050, antecipando em dez anos a sinalização anterior", disse Bolsonaro. Ele também se comprometeu a "eliminar o desmatamento ilegal no Brasil até 2030".


O presidente brasileiro reafirmou o pedido de mais recursos para viabilizar um combate mais assertivo da destruição florestal e proteger o meio ambiente e voltou a defender que o Brasil "está na vanguarda no combate à mudança do clima" e cumpre as medidas para combater o desmatamento e preservar a Floresta Amazônica. "É preciso ter juro e remuneração pelos nossos serviços ambientais aos bioma do planeta."


"O Brasil não apenas se destaca pelas ações do Brasil, mas está na vanguarda no combate à mudança do clima, tanto por nossas conquistas, quanto pelos compromissos que estamos dispostos a assumir", disse Bolsonaro. "O Brasil participou com menos de 1% das emissões de gases do efeito estufa. No presente respondemos por menos de 3% das emissões de gases anuais", acrescentou.


O País chegou à cúpula com um embaraço diplomático de R$ 2,9 bilhões. Esse é o montante doado por Noruega e Alemanha, no âmbito do programa Fundo Amazônia, que há mais de dois anos está parado em uma conta bancária do governo federal. Desde o início do mandato de Bolsonaro, em janeiro de 2019, nenhum novo programa de proteção da Amazônia foi financiado pelo fundo.


"É preciso fazer mais, devemos enfrentar o desafio de melhorar a vida dos mais de 23 milhões de brasileiros que vivem na Amazônia. Diante da magnitude dos obstáculos é fundamental poder contar com a contribuição de países, empresas e órgãos dispostos a auxiliar na resolução desses problemas", afirmou Bolsonaro.


"Contamos com uma das matrizes energéticas mais limpas do mundo. Somos pioneiros na difusão de biocombustíveis renováveis. Promovemos uma revolução verde a partir da ciência e da educação. Somos o país pioneiro em uso de energias renováveis e promovemos uma revolução verde baseada em ciência e inovação, o que faz da agricultura brasileira uma das mais inovadores do planeta."

Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro insinua que China fez guerra química

O presidente Jair Bolsonaro fez mais uma vez ataques à China ao insinuar que a pandemia de covid-19 seria um instrumento de “guerra química” para garantir maior crescimento econômico ao país asiático,

CPI da Covid convoca Queiroga e ex-ministros

Os integrantes da CPI da Covid no Senado aprovaram nesta quinta-feira os requerimentos para convocação dos ex-ministros da Saúde do governo Jair Bolsonaro e do atual chefe da pasta, Marcelo Queiroga,

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com