Bolsonaro espera aprovar Previdência neste semestre


O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a aprovação da reforma da Previdência nesta sexta-feira. Bastante otimista, disse que a proposta poderá ser aprovada ainda no primeiro semestre: "Não pode levar um ano para aprovar uma reforma, né?" Ele conversou pela manhã com a imprensa após cerimônia de entrega de credenciais de embaixadores no Palácio do Planalto, segundo o Estadão.


Bolsonaro reforçou que os militares vão participar da reforma e que "ninguém ficará de fora. Vão entrar até os militares com sua cota de sacrifício". Por não se tratar de Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que necessita de apoio maior, ele considera que o texto sobre os militares pode ser aprovado com celeridade: "É muito fácil. Pode chegar lá em uma semana na Câmara e em uma semana no Senado e estar solucionada a questão".


O presidente espera que o texto da reforma da Previdência já encaminhado ao Congresso não passe por muitas alterações e garantiu que o governo fará de tudo para que não seja desidratado, mas ponderou que respeita a "autonomia do Parlamento caso alguma mudança seja feita".

Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro na ONU, monte de mentiras e exageros

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Pacheco devolve MP que liberava as fake news

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Fux: ameaça de Bolsonaro é atentado à democracia

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que