Vale anuncia plano para as barragens. Depois da tragédia



A Vale vai cortar 10% de sua produção anual de minério de ferro, reduzir em 40 milhões de toneladas a produção de minério de ferro e cortar a produção de pelotas em 11 milhões de toneladas, anunciou o presidente da mineradora, Fabio Schvartsman, segundo o Valor Econômico.


Os volumes anunciados serão atingidos no prazo de um a três anos. A previsão da Vale para 2019 era de produzir 400 milhões de toneladas de minério de ferro. A Vale vai desativar dez barragens de rejeitos construídas pelo método a montante em Minas Gerais, o que vai exigir investimentos de R$ 5 bilhões.


A estratégia da companhia surge como resposta à tragédia de Brumadinho, e foi apresentada por Schvartsman aos ministros Bento Albuquerque (Minas e Energia) e Ricardo Salles (Meio Ambiente).

Posts recentes

Ver tudo

PIB surpreende e cresce1,2% no 1º trimestre

A economia brasileira começou 2021 em crescimento, confirmando a melhora de perspectivas para o ano como um todo e aumentando as chances de as perdas causadas pela covid-19 serem recuperadas até dezem

Rejeição a Bolsonaro volta ao recorde de 59%

Pesquisa PoderData, do portal Poder360, realizada nesta semana (24-26.mai.2021) mostra que a reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro voltou a subir e igualou o recorde de 59%, uma alta de 5

Ministro Salles acusado de facilitar contrabando

Ao autorizar a abertura da Operação Akuanduba na manhã desta quarta, 19, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, afirmou que as investigações da Polícia Federal descortinaram um ‘