Tucanos querem voar para outro ninho


A derrota de Alckmin na eleição presidencial e os conflitos com o candidato do partido ao governo de São Paulo, João Doria, podem provocar uma revoada de tucanos para outro ninho, o PSB do adversário Márcio França, ex-vice de Alckmin, segundo a Folha de S. Paulo.


Uma frente do partido estuda lançar um manifesto contra João Doria nos próximos dias. Integrantes da cúpula de campanha de França se reuniram nesta quarta-feira com membros do PSDB paulista para estabelecer uma estratégia conjunta. A cisão no Estado conta com uma frente de pelo menos trinta membros do partido, entre prefeitos, deputados e vereadores descontentes com Doria, que veem o empresário cada vez mais isolado.


Numa visita ao Hospital Municipal Nova Cachoeirinha, único evento aberto ao público no dia de hoje, Doria foi acompanhado apenas por assessores da campanha. Não havia nenhum político ou quadro de peso junto ao tucano durante o ato. No primeiro turno, era comum ver o ex-prefeito ladeado por companheiros de sigla.


João Doria vem distribuindo cotoveladas pelo partido, já afrontou o padrinho Geraldo Alckmin e pediu a expulsão de caciques como Alberto Goldman e Saulo de Castro.


Paulo Skaf, que ficou em terceiro lugar para o governo de São Paulo no primeiro turno, já declarou seu apoio a Márcio França nesta etapa.

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com