top of page

TSE impede jogada do PT em jornal

O ministro Og Fernandes, do Tribunal Superior Eleitoral, rejeitou um pedido de direito de resposta formulado pela defesa do ex-presidente Lula contra o jornal O Estado de S. Paulo por causa da publicação do resultado da pesquisa Ibope/Estado/TV Globo, na terça-feira.


O jornal publicou na primeira página: “Bolsonaro se isola na liderança; Marina e Ciro disputam o 2º lugar”. Informou que este era o cenário sem Lula. Mas informou também sobre as intenções de voto com Lula, em que é líder, e o índice de rejeição dos candidatos.


Não está muito bem claro o que o PT pretende: ou editar o jornal e determinar o que é mais importante para se colocar no título (no caso, só o cenário com Lula), ou se gostaria que não se falasse da tal de rejeição, em que o candidato petista preso é campeão absoluto.


De qualquer forma, mostra o que o Partido dos Trabalhadores quer com o seu antigo projeto de regulação da mídia: a Imprensa só deve divulgar o que lhe interessa. Mais ou menos como funciona o Granma, o jornal do Partido Comunista de Cuba, ou como funcionou outrora o Pravda, órgão oficial da falecida União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro na ONU, monte de mentiras e exageros

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Pacheco devolve MP que liberava as fake news

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Fux: ameaça de Bolsonaro é atentado à democracia

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que

Komentarze


Komentowanie zostało wyłączone.
bottom of page