Toffolli derruba decisão de soltar condenados de 2ª instância


O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffolli, derrubou, na noite desta quarta-feira (19), decisão do Ministro Marco Aurélio Mello, de soltar todos os presos detidos em razão de condenações após a segunda instância da Justiça.


A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu ao Supremo e Toffolli, de plantão, derrubou a decisão de Marco Aurélio. Com esta decisão, a determinação de Marco Aurélio fica suspensa até 10 de Abril de 2019, quando o tema será julgado.


Além do ex-presidente Lula, cerca de 169 mil pessoas poderiam ser beneficiadas por tal conduta, como aponta o levantamento feito pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com