Presidente levará reforma da previdência ao Congresso


O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, afirmou nesta segunda-feira que o presidente Jair Bolsonaro vai entregar pessoalmente a proposta de reforma da Previdência ao Congresso Nacional na quarta-feira, 20, quando haverá entrevista coletiva para detalhar os pontos do texto, segundo o Estadão. Marinho se reuniu hoje com o ministro da Economia, Paulo Guedes.


Sobre a articulação política para a aprovação da reforma, Marinho respondeu "isso é com o Onyx", em referência ao ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. O secretário especial tem tido reuniões com diversos parlamentares nas últimas semanas, de acordo com sua agenda.


Segundo a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, o presidente discutiu com o secretário de comunicação, Floriano Barbosa, a melhor forma de encaminhar o projeto ao Congresso.


A ideia do Planalto é que Bolsonaro assuma a defesa da proposta nas primeiras 48 horas após apresentá-la ao Legislativo. Ele também deve fazer um pronunciamento à Nação sobre a matéria, mas ainda não está decidido se será feito na TV aberta, que é considerada a opção mais tradicional, ou através de uma transmissão ao vivo em redes sociais, como é da preferência do presidente.

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com