Presidente da OAB interpela Bolsonaro sobre morte do pai


O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, decidiu interpelar o presidente Jair Bolsonaro no Supremo Tribunal Federal (STF) pelas declarações que deu sobre o seu pai. Horas antes, Bolsonaro disse que "se o presidente da OAB quiser saber como o pai desapareceu no período militar, eu conto para ele".


Santa Cruz já constituiu o advogado Cesar Brito para entrar com uma ação na STF "para que o presidente diga o que sabe" sobre a morte de Fernando Santa Cruz, ocorrida em março de 1974.


Santa Cruz afirmou, por meio de nota que as declarações do presidente Jair Bolsonaro demonstram ‘crueldade e falta de empatia’: “Como orgulhoso filho de Fernando Santa Cruz, quero inicialmente agradecer pelas manifestações de solidariedade que estou recebendo em razão das inqualificáveis declarações do presidente Jair Bolsonaro. O mandatário da República deixa patente seu desconhecimento sobre a diferença entre público e privado, demonstrando mais uma vez traços de caráter graves em um governante: a crueldade e a falta de empatia. É de se estranhar tal comportamento em um homem que se diz cristão. Lamentavelmente, temos um presidente que trata a perda de um pai como se fosse assunto corriqueiro – e debocha do assassinato de um jovem aos 26 anos”.


“Meu pai era da juventude católica de Pernambuco, funcionário público, casado, aluno de Direito. Minha avó acaba de falecer, aos 105 anos, sem saber como o filho foi assassinado. Se o presidente sabe, por “vivência”, tanto sobre o presente caso quanto com relação aos de todos os demais “desaparecidos”, nossas famílias querem saber”, afirma Santa Cruz.

Posts recentes

Ver tudo

Desemprego bate recorde no Brasil e chega a 14,6%

A taxa de desemprego atingiu 14,6% no terceiro trimestre do ano ante 13,3% no segundo trimestre, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgados pelo

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com