Pesquisa com investidores

Uma pesquisa da XP Investimentos, com 204 investidores institucionais, explica em parte o mau humor do mercado financeiro, com o dólar nas alturas e as baixas seguidas da Bolsa de Valores. O resultado: 48% acham que Jair Bolsonaro (PSL) vencerá as eleições. Antes das últimas pesquisas de intenção de voto, os mesmos 48% apostavam em Geraldo Alckmin (PSDB), que agora caiu para 31%. Ciro Gomes (PDT) subiu de 1% para 13% e Marina Silva (Rede) foi de 3% para 5% das menções.


CIRO OU ALCKMIN NO 2º TURNO


O cenário para o segundo turno também começa a se alterar, segundo o levantamento da XP. Para 85% dos entrevistados, Bolsonaro participará da segunda etapa da disputa, 55% entendem que Ciro Gomes estará presente e 60% ainda acreditam em Alckmin (PSDB). Em seguida vêm Marina com 11%, Fernando Haddad com 3% e todos os outros candidatos somam 6%.


OS EFEITOS NO MERCADO


Para 31% dos investidores, a Bolsa vai sofrer com a vitória de Bolsonaro; 45% prevêem uma depreciação do câmbio e a Selic estará acima de 8% ao final de 2019. Em compensação, uma vitória de Alckmin deve provocar uma melhora do Ibovespa para 97% dos entrevistados e um câmbio abaixo de R$ 3,40 para 73%. Cenários de Fernando Haddad e Ciro Gomes foram apontados como desfechos negativos para o Ibovespa, Álvaro Dias será positivo e Marina Silva significa estabilidade.

Posts recentes

Ver tudo

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que