O delegado Valeixo na PF, livre de ingerências políticas


O delegado Maurício Leite Valeixo, 51 anos, futuro diretor-geral da Polícia Federal (PF), é uma especialista em combate ao narcotráfico internacional e em ações de inteligência policial. Com mais de vinte anos de corporação, o escolhido pelo futuro ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro atuou nos dois maiores casos da carreira do ex-magistrado, a Operação Banestado e a Operação Lava Jato, informa o blog de Fausto Macedo no Estadão.


Ex-chefe da Inteligência da PF, ex-diretor de combate à corrupção e duas vezes superintendente da PF no Paraná, Valeixo é considerado um quadro técnico, mas com fortes ligações com o ex-diretor-geral Leandro Daiello, que comandou a corporação por seis anos nos governos da ex-presidente Dilma Rousseff.

O futuro diretor-geral assumirá o posto com a missão de fortalecer a PF, com foco no combate à corrupção e ao crime organizado, livrá-la de ingerências políticas e com autonomia para investigar quem quer que seja.

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com