Maluf cassado pela Câmara


A Câmara dos Deputados cassou nesta quarta-feira o mandato do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) por decisão unânime dos quatro integrantes da Mesa Diretora presentes à reunião na residência oficial do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ).


Maluf foi condenado pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) pelo crime de lavagem de dinheiro desviado durante sua gestão como prefeito de São Paulo, com pena de 7 anos, 9 meses e 10 dias. Ele foi preso em 20 de dezembro e hoje cumpre prisão domiciliar por motivo de saúde.


Os ministros do STF argumentaram que o regime fechado era incompatível com o exercício do mandato de deputado federal e, por isso, pediram para que a Mesa da Câmara declarasse a perda da função. A defesa do deputado afirmou que a Mesa "não tem o direito de cassar nenhum mandato", pois a decisão é exclusiva do plenário da Casa.


Maluf já estava afastado do cargo desde fevereiro deste ano por decisão do presidente da Câmara dos Deputados. O suplente de deputado Junji Abe (MDB-SP), que assumiu o mandato em fevereiro, deve ser efetivado na vaga.


Paulo Maluf está com 86 anos.

Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro na ONU, monte de mentiras e exageros

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Pacheco devolve MP que liberava as fake news

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Fux: ameaça de Bolsonaro é atentado à democracia

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que