Mais profissionalismo

O ex-governador de Goiás e primeiro vice-presidente do PSDB, Marconi Perillo, diz que a campanha de Geraldo Alckmin precisa mudar: “Estruturar a campanha de forma profissional, descentralizada e eficiente" para aliviar o candidato "de tarefas burocráticas para dedicar-se ao que interessa, o debate e o corpo-a-corpo com os eleitores". Como primeiro-vice-presidente do PSDB, Perillo assumiria no lugar do ex-governador a presidência do partido.


Em entrevista ao Valor, Perillo revelou que a descentralização da campanha foi um dos temas de um jantar de dirigentes tucanos com Alckmin e sua equipe de campanha, na semana passada. A conversa tensa deixou Alckmin tão aborrecido que ele atirou um guardanapo sobre a mesa. O ex-governador ainda disse que os tucanos poderiam, se quisessem, escolher outro nome. Apesar de tudo, Perillo acha que a campanha "não está perdida".

Posts recentes

Ver tudo

PIB surpreende e cresce1,2% no 1º trimestre

A economia brasileira começou 2021 em crescimento, confirmando a melhora de perspectivas para o ano como um todo e aumentando as chances de as perdas causadas pela covid-19 serem recuperadas até dezem

Rejeição a Bolsonaro volta ao recorde de 59%

Pesquisa PoderData, do portal Poder360, realizada nesta semana (24-26.mai.2021) mostra que a reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro voltou a subir e igualou o recorde de 59%, uma alta de 5

Ministro Salles acusado de facilitar contrabando

Ao autorizar a abertura da Operação Akuanduba na manhã desta quarta, 19, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, afirmou que as investigações da Polícia Federal descortinaram um ‘