top of page

Mais Médicos: 84% das vagas já foram preenchidas


O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira que já foram selecionados 7.154 médicos para as 8.517 vagas abertas no último edital do programa Mais Médicos, o que representa 84% do total. No restante dos postos de trabalho ainda não houve médico interessado.


As vagas foram abertas após o anúncio do governo de Cuba de retirar seus profissionais do programa, em reação às mudanças planejadas no Mais Médicos pelo presidente eleito Jair Bolsonaro. Ele é contra a retenção de parte dos salários dos profissionais cubanos, e a favor da obrigatoriedade de passar por um exame de revalidação do diploma obtido no Exterior.


O balanço, com dados de 8h desta sexta-feira, mostra 19.994 inscrições, das quais 13.341 são de profissionais com registro válido no Conselho Regional de Medicina (CRM). Pouco mais de sete mil já tiveram um destino escolhido.

O prazo para inscrição iria até este domingo, mas o Ministério da Saúde prorrogou para 7 de dezembro por causa de instabilidade no sistema, ou "ataques cibernéticos". O sistema está estável neste momento.


De acordo com o edital, as 8.517 vagas são para atuação em 2.824 municípios e 34 distritos indígenas que antes eram ocupadas por médicos cubanos.

Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro na ONU, monte de mentiras e exageros

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Pacheco devolve MP que liberava as fake news

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Fux: ameaça de Bolsonaro é atentado à democracia

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page