Márcio Lacerda contra o PSB


O ex-prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), diz que não vai retirar a sua candidatura a governador de Minas, apesar do acordo feito pelo seu partido com o PT, no qual foi simplesmente rifado a favor do governador petista Fernando Pimentel, que tenta a reeleição. Reforçado pelo apoio que recebeu do MDB mineiro na convenção de sábado, Lacerda vai deixar nas mãos da Justiça a palavra final sobre a intervenção do PSB nacional na direção estadual da legenda e na convenção em que seu nome foi confirmado.


Uma liminar do Tribunal Regional Eleitoral de Minas anulou a intervenção e amparou a convenção. O presidente do PSB vai insistir na anulação da candidatura de Márcio Lacerda.


Se Lacerda não emplacar, o deputado Adalcrever Lopes (MDB) deverá ser cabeça de chapa, em coligação com PSB, PDT, PV, PRB e Podemos. Nova convenção poderá ser marcada até 20 dias antes das eleições.

Posts recentes

Ver tudo

Centrão na Casa Civil, Onyx vai para o Trabalho

Numa tentativa de fortalecer sua base de sustentação política, o presidente Jair Bolsonaro fará mudanças no ministério, informa O Estado de S. Paulo. A principal novidade é a nomeação, para a Casa Civ

Porandubas Políticas 724

Abro a coluna com o vinho da missa Mata o bicho Falo do monsenhor Aristides Rocha, mineirinho astuto, que fazia política no velho PSD e odiava udenistas. Ainda jovem, monsenhor foi celebrar missa em u

Os “vacineiros”

Mentira! Mentira! Mentira! Mesmo antes de o galo cantar, ou, mais apropriadamente, de depósitos de propina aparecerem, o governo e seus apóstolos do Ministério da Saúde, tais quais o apóstolo Pedro, q