top of page

Greve de fome e jejum por Lula


O PT vai tentar todos os meios para transformar Lula em candidato a presidente nas próximas eleições. E pretende pressionar a Justiça com chantagens variadas. Primeiro, um grupo de militantes fará greve de fome. E depois o partido pretende convocar um jejum nacional para dia 4 de agosto em solidariedade aos grevistas, informa Daniela Lima no Painel da Folha de hoje. O PT recomenda ainda que os militantes levem alimentos a famílias das periferias do País dizendo que “foi Lula quem mandou entregar”. Isto não remete ao cabresto, ao coronelismo?


Para reforçar, o PT produziu um milhão de folhetos para convocar militantes de todo o país para o ato de registro da candidatura de Lula no TSE, dia 15 de agosto. O partido acredita que pode reunir de 30 mil a 40 mil pessoas em Brasília.


Resta saber se uma greve de fome ou um jejum bastam para sensibilizar ou revogar as letras da Lei da Ficha Limpa.


Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro na ONU, monte de mentiras e exageros

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Pacheco devolve MP que liberava as fake news

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Fux: ameaça de Bolsonaro é atentado à democracia

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page