Governo impõe regras mais rígidas para concursos


Um decreto editado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro Paulo Guedes (Economia), nesta sexta-feira, aumenta as exigências para os órgãos do governo pedirem novas contratações para servidores de carreira, informa O Globo.


A partir de agora, o órgão público que quiser pedir um concurso, precisa apresentar ao menos 14 informações ao Ministério da Economia, que deverá autorizar as vagas. Além disso, deverá comprovar que o serviço não poderia ser prestado por equipes terceirizadas.


O objetivo do decreto é restringir a abertura de novos concursos apenas para a atividade fim do órgão, a fim de torná-la cada vez mais especializadas. Carreiras genéricas, com isso, poderiam ser terceirizadas ou transferidas entre órgãos.


A decisão de disciplinar com mais rigor a abertura de novos concursos públicos veio após a extinção de 21 mil cargos, funções e gratificações. Com a medida, o governo pretende economizar R$ 195 milhões por ano.

Posts recentes

Ver tudo

PIB surpreende e cresce1,2% no 1º trimestre

A economia brasileira começou 2021 em crescimento, confirmando a melhora de perspectivas para o ano como um todo e aumentando as chances de as perdas causadas pela covid-19 serem recuperadas até dezem

Rejeição a Bolsonaro volta ao recorde de 59%

Pesquisa PoderData, do portal Poder360, realizada nesta semana (24-26.mai.2021) mostra que a reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro voltou a subir e igualou o recorde de 59%, uma alta de 5

Ministro Salles acusado de facilitar contrabando

Ao autorizar a abertura da Operação Akuanduba na manhã desta quarta, 19, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, afirmou que as investigações da Polícia Federal descortinaram um ‘