top of page

Governo decide mudar a sua fraca comunicação

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve fazer mudanças na equipe da Secretaria de Comunicação da Presidência da República. Próximo do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), o atual chefe da comunicação, Floriano Amorim, deve deixar o posto. Antes de assumir o cargo, ele atuava no gabinete do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). A informação foi antecipada pelo site O Antagonista e confirmada pela Folha.


Para a função, são cotados os nomes do empresário Fábio Wajngarten, especialista em comunicação, e do atual porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros. A expectativa é de que o Palácio do Planalto anuncie a mudança até esta quinta-feira.


A condução da comunicação oficial vinha sendo criticada desde o início do governo, em caráter reservado, por deputados aliados e militares do governo.

Para eles, enquanto Floriano seguisse no posto, Carlos continuaria interferindo na área de comunicação do Planalto.


Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro na ONU, monte de mentiras e exageros

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Pacheco devolve MP que liberava as fake news

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Fux: ameaça de Bolsonaro é atentado à democracia

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page