Governo decide mudar a sua fraca comunicação

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve fazer mudanças na equipe da Secretaria de Comunicação da Presidência da República. Próximo do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), o atual chefe da comunicação, Floriano Amorim, deve deixar o posto. Antes de assumir o cargo, ele atuava no gabinete do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). A informação foi antecipada pelo site O Antagonista e confirmada pela Folha.


Para a função, são cotados os nomes do empresário Fábio Wajngarten, especialista em comunicação, e do atual porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros. A expectativa é de que o Palácio do Planalto anuncie a mudança até esta quinta-feira.


A condução da comunicação oficial vinha sendo criticada desde o início do governo, em caráter reservado, por deputados aliados e militares do governo.

Para eles, enquanto Floriano seguisse no posto, Carlos continuaria interferindo na área de comunicação do Planalto.


Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro insinua que China fez guerra química

O presidente Jair Bolsonaro fez mais uma vez ataques à China ao insinuar que a pandemia de covid-19 seria um instrumento de “guerra química” para garantir maior crescimento econômico ao país asiático,

CPI da Covid convoca Queiroga e ex-ministros

Os integrantes da CPI da Covid no Senado aprovaram nesta quinta-feira os requerimentos para convocação dos ex-ministros da Saúde do governo Jair Bolsonaro e do atual chefe da pasta, Marcelo Queiroga,

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com