Garotinho suspenso por oito anos

Terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto para governador do Rio de Janeiro, o ex-governador Antony Garotinho (PRP-RJ) teve seus direitos políticos suspensos por oito anos. A decisão é do desembargador Ricardo Cardoso, da 15ª Câmara do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), que a comunicou ao Conselho Nacional de Justiça. Na última pesquisa Garotinho tinha 14%, atrás do senador e ex-jogador Romário, do Podemos, com 24%, e do ex-prefeito do Rio Eduardo Paes, do DEM, com 15%. Garotinho é acusado de desviar R$ 243 milhões da Secretaria Estadual de Saúde entre 2005 e 2006, quando sua mulher, Rosinha Matheus, era governadora. Ele vai recorrer.

Posts recentes

Ver tudo

Um ano de Covid: Brasil chega a 250 mil mortes

Doze meses depois do registro do primeiro caso da covid-19, o Brasil superou nesta quarta-feira a marca de 250 mil mortos e vive a pior fase da doença, com pico de internações e com ritmo lento de vac

A estampa da malandragem

A malandragem que se credita ao DNA brasileiro tem sido usada intensamente nesses tempos de epidemia. Os casos são de arrepiar. Em Manaus, duas irmãs gêmeas, filhas de um empresário do ramo da educaçã

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com