Fake News pelas redes sociais, conduzindo os irresponsáveis


Mais de 4,8 milhões de notícias falsas circularam entre julho e setembro deste ano no Brasil e um dos assuntos principais foi a política (46,3%), além de temas sobre saúde e de como ganhar dinheiro fácil, segundo o jornal O Globo.


A estatística reforça outra, a que mostra os níveis preocupantes de analfabetismo funcional e de baixo índice de instrução entre os estudantes. As tecnologias, incluindo as redes sociais, são úteis e indispensáveis, porém, o senso crítico e a autonomia analítica parecem ceder lugar a julgamentos precipitados e a condutas irresponsáveis, promovendo uma nova era de condução de massas, talvez com a volta dos personalismos.

Posts recentes

Ver tudo

Centrão na Casa Civil, Onyx vai para o Trabalho

Numa tentativa de fortalecer sua base de sustentação política, o presidente Jair Bolsonaro fará mudanças no ministério, informa O Estado de S. Paulo. A principal novidade é a nomeação, para a Casa Civ

Mendonça para o STF, 'terrivelmente evangélico'

O presidente Jair Bolsonaro indicou formalmente o chefe da Advocacia-Geral da União (AGU), André Mendonça, para assumir a vaga deixada por Marco Aurélio Mello no Supremo Tribunal Federal (STF). A indi