Eleitores pessimistas e desinteressados

Quase metade do eleitorado brasileiro (45% dos entrevistados) se diz "pessimista" ou "muito pessimista" com as eleições deste ano, segundo pesquisa Ibope divulgada na quinta-feira, 2. Encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o levantamento foi feito entre os dias 21 e 24 de junho e ouviu duas mil pessoas.


O cenário de desencanto se consolida quando se pesquisa o interesse dos entrevistados pelas eleições de outubro: entre nenhum e pouco interesse, são 61%.


Os resultados:


· Muito otimista – 4%

· Otimista – 19%

· Nem otimista nem pessimista – 26%

· Pessimista – 29%

· Muito pessimista – 16%

· Não sabe/não respondeu – 6%


O cenário da insatisfação:


· Muito interesse – 20%

· Interesse médio – 18%

· Pouco interesse – 23%

· Nenhum interesse – 38%

· Não sabe/não respondeu


Entre as principais razões para esse desalento estão: Corrupção, 30%; Não confia mais no governo/nos candidatos, 19%; Não tem opção entre os pré-candidatos, 16%; Mesmos candidatos de sempre/falta renovação/não há mudança, 11%; Políticos não fazem nada pela população/não cumprem o que prometem, 7%; Não confia no processo eleitoral/vota nulo/branco/não quer votar, 5%; Problemas econômicos/sociais, 4%.


O levantamento do Ibope apontou que a proporção da população que associa a corrupção a todos os políticos é elevada, mas não há um consenso. Sobre a afirmativa de que “todos os candidatos são corruptos, então não faz diferença em quem eu voto", as respostas foram:


· Concorda totalmente: 39%

· Concorda em parte: 15%

· Discorda em parte: 20%

· Discorda totalmente: 25%

· Não sabe / não respondeu: 1%


Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com