Doria também chama um general para atuar na segurança


O governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou o nome do general da reserva João Camilo Pires de Campos como futuro secretário de Segurança Pública de sua administração. O militar, que passou para a reserva neste ano após 48 anos de serviços, colaborou na campanha com o programa de governo de Geraldo Alckmin, derrotado na disputa presidencial, segundo o Valor Econômico.


Doria anunciou ainda outros três nomes para sua equipe. O engenheiro civil Marcos Penido assume a Secretaria de Energia, Saneamento, Recursos Hídricos e Meio Ambiente. Júlio Serson ficará com Relações Internacionais e a companhia Investe SP, e Wilson Pedroso será o chefe de gabinete do tucano. Os três participaram da gestão do governador eleito na Prefeitura de São Paulo.

Até agora foram anunciados os ministros Gilberto Kassab (PSD) para a Casa Civil, Rossieli Soares para a Educação e Sérgio Sá Leitão para a Cultura.


O médico José Henrique Germann Ferreira será responsável pela Secretaria da Saúde. E o ex-presidente da Sociedade Rural Brasileira, Gustavo Junqueira, ficará na Agricultura. O desembargador Paulo Dimas está indicado para a Justiça. A deputada estadual Célia Leão (PSDB), na Pessoa com Deficiência. O vice-governador eleito, Rodrigo Garcia, será responsável pela articulação de governo, mas sem a estrutura da secretaria, que será extinta.

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com