Doria condenado pelo cidade linda


O candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, João Doria Junior, foi condenado pela juíza Carolina Martins Cardoso, da 11ª Vara da Fazenda Pública, à suspensão dos direitos políticos por quatro anos. A sentença foi publicada no site do Tribunal de Justiça de São Paulo nesta sexta-feira.


Como cabe recurso, João Doria pode continuar sua campanha. Ele foi denunciado pelo promotor Wilson Tafner por improbidade administrativa por ter usado o símbolo “SP Cidade Linda” em ações da Prefeitura.


A juíza determina devolução integral dos prejuízos causados ao erário municipal, “consistentes nos valores gastos com campanhas, veiculações publicitárias e confecção de vestuário e materiais diversos com o slogan", além do pagamento de multa civil correspondente a cinquenta vezes o valor da sua remuneração à época dos fatos e "pagamento de multa punitiva equivalente a dez salários mínimos pela prática de ato atentatório à dignidade da justiça".


Posts recentes

Ver tudo

Não há beleza na miséria

Não há nenhuma beleza na miséria. A frase é do angolano José Eduardo Agualusa e cai bem para o momento. A fome que ataca milhões de seres humanos no planeta, principalmente no continente africano, é

A batalha do ódio e da mentira

O Brasil está alastrando os seus campos de batalha. Alguns, por obra de mentiras e ficção. Por exemplo: milhares de pessoas, de aglomerações já passadas, são apresentadas em vídeos de eventos que ocor

O reino da mentira

Há 44 anos, o jurista Goffredo da Silva Telles Jr., falecido no dia 27 de junho de 2009, dando vazão ao sentimento da sociedade brasileira, foi convidado para ler a Carta aos Brasileiros69. O País abr