"Democracia existe quando forças armadas a querem"


O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje, durante as comemorações dos 211 anos do Corpo de Fuzileiros Navais, no Rio, que vai cumprir sua missão de governar o Brasil "ao lado das pessoas de bem" e que a liberdade e a democracia só existem "quando as Forças Armadas assim o querem".


Em discurso de cerca de quatro minutos, Bolsonaro ressaltou que quer estar ao lado "daqueles que amam a Pátria, daqueles que respeitam a família, daqueles que querem aproximação com países que têm ideologia semelhante à nossa e daqueles que amam a democracia e a liberdade".


Bolsonaro afirmou ainda que vai aprovar a reforma da Previdência e que os militares serão incluídos "respeitando as especificidades de cada Força (Marinha, Exército e Aeronáutica)".


O presidente saiu sem falar com a imprensa dois dias depois de ter postado na internet um vídeo considerado pornográfico e escatológico, provocando críticas entre aliados e opositores. O vídeo foi retirado do ar.

Posts recentes

Ver tudo

PIB surpreende e cresce1,2% no 1º trimestre

A economia brasileira começou 2021 em crescimento, confirmando a melhora de perspectivas para o ano como um todo e aumentando as chances de as perdas causadas pela covid-19 serem recuperadas até dezem

Rejeição a Bolsonaro volta ao recorde de 59%

Pesquisa PoderData, do portal Poder360, realizada nesta semana (24-26.mai.2021) mostra que a reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro voltou a subir e igualou o recorde de 59%, uma alta de 5

Ministro Salles acusado de facilitar contrabando

Ao autorizar a abertura da Operação Akuanduba na manhã desta quarta, 19, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, afirmou que as investigações da Polícia Federal descortinaram um ‘