Delegado será o relator da reforma da Previdência


O deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) foi escolhido nesta quinta-feira relator da proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, segundo a TV Globo.

A decisão foi tomada depois de uma reunião do presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR), com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; a líder do Governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP); o secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho; a primeira vice-presidente da comissão, Bia Kicis (DF); e o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO).


O deputado Delegado Marcelo Freitas tem 43 anos e exerce o primeiro mandato na Câmara. Foi eleito com 58,1 mil votos, é delegado da Polícia Federal e, segundo informa o site da Câmara, tem pós-graduação em direito processual pela Universidade Estadual de Montes Claros.


Em 2009 foi diretor de Combate ao Crime Organizado da PF em Minas e professor da Academia Nacional de Polícia, em Brasília. Em 2016, foi professor da unidade de Montes Claros da Universidade Federal de Lavras.


A CCJ é a primeira etapa da tramitação da reforma. Cabe à comissão analisar se a proposta do governo está de acordo com a Constituição. Se o texto for aprovado, seguirá para uma comissão especial, responsável por analisar o mérito (conteúdo). Em seguida, a proposta irá para o plenário.

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com