Debate Band: Monótono

É difícil fazer uma avaliação de um debate de tom morno. Candidatos procuram dourar a pílula com argumentos que puxam para a melhoria de suas imagens. Mas é possível ver aqueles que se saem melhor. Alckmin saiu-se melhor porque combinava respostas com argumentos, dados e informações. Foi coerente na defesa da reforma trabalhista, muito criticada por Ciro. Que, aliás, fez a crítica, mas não aprofundou nada. Não fez a pontuação sobre pontos que considera ruins. Não foi o melhor Ciro que se conhece.


Meirelles, de fala arrastada, deu dados, mas faltou firmeza na argumentação. Marina, pálida. Genérica. Bolsonaro, sem grandes arroubos, quis mostrar que não é violento, conforme imagem tradicional. Boulos, o mais agressivo, parecia líder estudantil em disputa pelo Diretório. Álvaro Dias fez boa apresentação, mas se perdia às vezes em generalidades. E ao cabo Dacciolo faltou escopo conceitual. Atirou em todos, confundindo balas.


Posts recentes

Ver tudo

SP na fase vermelha de sábado até dia 19

Com o agravamento da pandemia da covid-19, todas as regiões do Estado entrarão na fase vermelha do Plano São Paulo da zero hora deste sábado, 6, até 19 de março, segundo adiantou o Estadão. A decisão

PIB recua 4,1% em 2020, maior queda desde Collor

A retomada econômica perdeu fôlego no último trimestre do ano passado, quando o Produto Interno Bruto (PIB, todo o valor gerado na economia) cresceu 3,2% em relação ao terceiro trimestre, informou nes

Um ano de Covid: Brasil chega a 250 mil mortes

Doze meses depois do registro do primeiro caso da covid-19, o Brasil superou nesta quarta-feira a marca de 250 mil mortos e vive a pior fase da doença, com pico de internações e com ritmo lento de vac

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com