Crise na Receita Federal: o número 2 é afastado


A Receita Federal anunciou na tarde desta segunda-feira, por meio de nota, a saída de João Paulo Ramos Fachada Martins da Silva do cargo de subsecretário-geral do órgão, informa o G1. Ele será substituído pelo auditor fiscal José de Assis Ferraz Neto, que atua na área de fiscalização da Delegacia da Receita Federal em Recife.


A demissão do atual subsecretário-geral, considerado o número dois na hierarquia da Receita Federal, ocorre em meio a uma insatisfação de auditores devido a uma suposta interferência política do presidente Jair Bolsonaro.


Nos últimos dias Bolsonaro deu indicações de que faria mudanças em postos estratégicos tanto na Receita quanto na Polícia Federal. Segundo o colunista do G1 Gerson Camarotti, o secretário da Receita, Marcos Cintra, foi alertado de que se o presidente insistisse em mudanças em cargos estratégicos do órgão no Rio de Janeiro, haveria entrega em massa dos cargos de comando.


Isso ocorreu após o auditor José Alex Nóbrega de Oliveira, que comanda há um ano e meio a alfândega do Porto de Itaguaí, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, ter publicado uma mensagem que apontava uma possível interferência política na Receita Federal.

Posts recentes

Ver tudo

Fake news como prova contra urna eletrônica

As provas de fraude nas urnas eletrônicas que o presidente Jair Bolsonaro prometeu apresentar nesta quinta-feira, 29, foram uma mistura de fake news, vídeos descontextualizados que circulam há anos na

Centrão na Casa Civil, Onyx vai para o Trabalho

Numa tentativa de fortalecer sua base de sustentação política, o presidente Jair Bolsonaro fará mudanças no ministério, informa O Estado de S. Paulo. A principal novidade é a nomeação, para a Casa Civ