Ciro, “cabra” marcado e isolado


Apesar de décadas na profissão de político, o candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, deve ter se imaginado num colégio de freiras ou numa convenção de anjos quando propôs uma aliança com o PT para essa disputa. Acabou rifado e isolado, depois das manobras articuladas por Lula da prisão de Curitiba. O PT fez alianças com o PSB, tirou Marília Arraes e Márcio Lacerda das disputas para os governos de Pernambuco e Minas Gerais, respectivamente, e deixou Ciro à míngua.


Isolado de vez, Ciro diz que o PT foi desonesto. Do PSB, esperava ao menos afagos: “Não recebi nenhuma mensagem, nenhuma carta, nenhum sinal de fumaça”, afirmou ele em entrevista à Globonews.


Mas parece conformado: "Quando eu entrei nessa luta, sabia que era um cabra marcado para morrer”.


Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com