Ciro, “cabra” marcado e isolado


Apesar de décadas na profissão de político, o candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, deve ter se imaginado num colégio de freiras ou numa convenção de anjos quando propôs uma aliança com o PT para essa disputa. Acabou rifado e isolado, depois das manobras articuladas por Lula da prisão de Curitiba. O PT fez alianças com o PSB, tirou Marília Arraes e Márcio Lacerda das disputas para os governos de Pernambuco e Minas Gerais, respectivamente, e deixou Ciro à míngua.


Isolado de vez, Ciro diz que o PT foi desonesto. Do PSB, esperava ao menos afagos: “Não recebi nenhuma mensagem, nenhuma carta, nenhum sinal de fumaça”, afirmou ele em entrevista à Globonews.


Mas parece conformado: "Quando eu entrei nessa luta, sabia que era um cabra marcado para morrer”.


Posts recentes

Ver tudo

Fake news como prova contra urna eletrônica

As provas de fraude nas urnas eletrônicas que o presidente Jair Bolsonaro prometeu apresentar nesta quinta-feira, 29, foram uma mistura de fake news, vídeos descontextualizados que circulam há anos na

Centrão na Casa Civil, Onyx vai para o Trabalho

Numa tentativa de fortalecer sua base de sustentação política, o presidente Jair Bolsonaro fará mudanças no ministério, informa O Estado de S. Paulo. A principal novidade é a nomeação, para a Casa Civ