Briga no PSL: líder chama Bolsonaro de "vagabundo"


O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (PSL-GO), afirmou em um áudio obtido pelo Estado que vai "implodir" o presidente Jair Bolsonaro. A afirmação foi feita durante uma reunião interna da ala ligada ao presidente do partido, Luciano Bivar (PE).


Em outro trecho ele chama, ainda, Bolsonaro de vagabundo: “Eu vou implodir o presidente. Aí eu mostro a gravação dele. Não tem conversa. Eu implodo ele. Eu sou o cara mais fiel. Acabou, cara. Eu sou o cara mais fiel a esse vagabundo. Eu andei no sol em 246 cidades para defender o nome desse vagabundo”, afirma Waldir.


Deputados relataram que estavam sendo pressionados por Bolsonaro a assinar uma lista para destituir Waldir e apoiar o nome de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como líder da bancada. “Eu não consegui não assinar”, responde o deputado Luiz Lima (PSL-RJ). O deputado Loester Trutis (PSL-MS) também diz ter sido pressionado.



Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com