Bolsonaro usa fake news e ataca jornalista do "Estado"

O presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais na noite de domingo (10) para acusar uma jornalista do jornal O Estado de S. Paulo de querer arruinar seu governo ao noticiar investigações sobre a vida do seu filho, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), que se tornou alvo:


“Constança Rezende, do "O Estado de SP" diz querer arruinar a vida de Flávio Bolsonaro e buscar o Impeachment do Presidente Jair Bolsonaro. Ela é filha de Chico Otavio, profissional do “O Globo”. Querem derrubar o Governo, com chantagens, desinformações e vazamentos”, escreveu o presidente.


A declaração de Bolsonaro foi feita com base em um áudio editado e publicado pelo site Terça Livre, que reúne simpatizantes bolsonaristas, com falas da jornalista em uma conversa que, segundo o site, foram feitas para um blog de um jornalista francês. Em nenhum momento, no entanto, a jornalista fala na conversa, em inglês, sobre a intenção de arruinar o governo com o caso Flávio Bolsonaro.


O jornal Estado de S. Paulo esclarece ainda que as declarações da jornalista foram retiradas de uma conversa que ela teve com uma pessoa que se apresentou como Alex MacAllister, supostamente um estudante que estaria interessado em fazer um estudo comparativo entre Donald Trump e Jair Bolsonaro.


Em editorial na edição de hoje, o jornal relembra sua luta pela democracia: “Os jornalistas do Estado se pautam pelo compromisso inarredável com os valores democráticos e com o regime da lei, que estão na essência da identidade do jornal desde sua fundação, em 1875. A defesa da liberdade contra todo tipo de tirania, a começar por aquelas que se creem chanceladas pelas urnas, marca a atuação desta publicação e de seus profissionais ao longo de 144 anos de história...”


“...O sr. Jair Bolsonaro decerto não se conforma que haja quem dele discorde ou, então, que ouse investigar os malfeitos a ele relacionados. Julga-se imune a críticas e a dúvidas sobre seus atos por ter sido eleito por dezenas de milhões de eleitores, como se o voto na urna o colocasse acima do bem e do mal”.

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com