Bolsonaro quer reformada previdência este ano


O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) vai a Brasília na semana que vem para destravar ao menos uma parte da reforma da Previdência projetada pelo governo de Michel Temer: "Semana que vem estaremos em Brasília e buscaremos junto ao atual governo aprovar alguma coisa do que está em andamento lá com a reforma da Previdência, se não com todo, com parte do que está sendo proposto, o que evitaria problemas para o futuro governo".


O maior entrave é a proposta de idade mínima de 65 anos para a aposentadoria; nesse caso, a possibilidade de derrota da reforma no Congresso seria muito grande. Bolsonaro já havia sugerido uma idade mínima de 61 agora, elevando o limite em um ano e cada ano:


"A melhor reforma da Previdência é aquela que passa no Parlamento. Se quiser impor 65 anos, a chance de derrota é muito grande. Se nós dermos um ano agora, no ano que vem propor mais um ano, vamos para 62 anos. Afinal, a proposta de 65 anos não é para agora, tem um espaço de tempo para entrar em vigor. Então o que passar agora, no meu entender é muito bem-vindo. Qualquer passo que seja dado agora, já ajudará muito no ano que vem". O presidente eleito falou para as TVs Record e Bandeirantes.


No entanto, mais cedo, o deputado federal e futuro ministro chefe da Casa Civil, Onix Lorenzoni (DEM-RS), defendeu algo mais radical: "Não se pode olhar caixa de curto prazo, como na proposta de Temer. Defendo reforma Previdência que se faça de uma única vez. O atual governo propôs apenas um remendo, mas a reforma tem de ser de longo prazo".

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com