top of page

“Bolsonaro não tem noção do que é importante para o País”


O presidente da Comissão Especial que analisa o mérito da reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos (PL, ex-PR-AM), voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro, desta vez em mensagem postada em seu Twitter na manhã desta terça-feira: "O presidente não tem noção de prioridade e do que é importante para o País". As informações são de O Estado de S. Paulo.


Ramos se referia ao fato de, enquanto o colegiado realizava um seminário para discutir experiências internacionais de Previdência e a proposta em análise, Bolsonaro esteve na Câmara para entregar um projeto de lei que faz diversas alterações no Código de Trânsito. O projeto de lei dobra o número de pontos para a suspensão da carteira de motorista de 20 para 40 e também duplica a validade da CNH, que passaria para dez anos.


"Depois reclamam quando digo que o presidente Bolsonaro não tem noção de prioridade e do que é importante para o país. Enquanto estamos num Seminário sobre Reforma da Previdência, ele está vindo para a Câmara para apresentar um PL que trata de aumentar pontos na carteira de maus motoristas", escreveu o deputado.


Mesmo tendo assumido o comando da comissão da reforma da Previdência, Ramos tem mantido um tom crítico em relação ao governo e esta não é a primeira vez em que se posiciona contra uma medida do presidente.


Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro na ONU, monte de mentiras e exageros

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Pacheco devolve MP que liberava as fake news

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Fux: ameaça de Bolsonaro é atentado à democracia

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page