Bolsonaro é ferido a faca em Minas


O candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) levou uma facada na barriga enquanto fazia campanha no centro de Juiz de Fora, Minas, na tarde desta quinta-feira. Estava sendo carregado por simpatizantes quando foi agredido e levado na hora à Santa Casa da cidade por policiais federais, que o escoltavam.


O filho de Bolsonaro, Flávio, disse que o braço do agressor foi desviado na hora exata do ataque e por isso as consequências não foram mais graves. Ainda assim, o candidato sofreu lesões no intestino, foi operado e continua em observação. Segundo familiares, seu estado de saúde é estável.


O agressor foi desarmado, espancado pelos seguidores do candidato e está preso numa delegacia de Juiz de Fora. Seu nome é Adélio Bispo de Oliveira, 40 anos, nascido em Montes Claros (MG). Em julho foi fotografado numa manifestação na cidade, ao lado de uma faixa onde se lia “Políticos inúteis”.


Em sua página na internet, deixa claro que era simpatizante do falecido deputado Enéas Carneiro. Dizia então que o Brasil estaria melhor se fosse governado por Enéas.


O presidente Michel Temer e todos os outros candidatos à Presidência condenaram a violência contra Jair Bolsonaro. Um crime contra a democracia, disseram todos.

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com