top of page

Benjamim na chapa de Ciro

Benjamim Steinbruch, que já foi patrão de Ciro Gomes, quando este presidia a Transnordestina, se aproxima a cada dia da chapa do pedetista. Ciro já confessou que o nome de Steinbruch muito lhe agrada, por seu um quadro do Sudeste e do setor produtivo. Seria uma maneira para agradar ao mercado. O megaempresário acaba de se desligar da Fiesp, onde era o 1º vice-presidente (eleito) da chapa de Paulo Skaf. Que, aliás, ao pedir licença do cargo de presidente, condição obrigatória para se tornar candidato ao governo de São Paulo, escolheu para substituí-lo o empresário José Ricardo Roriz Coelho, até então diretor titular do Departamento de Competitividade, Tecnologia e Economia e também um dos vice-presidentes da Fiesp. Benjamim não gostou da decisão de Skaf.

Posts recentes

Ver tudo

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que

bottom of page