Atire para ser condecorado



O candidato do PSL à Presidência, deputado federal Jair Bolsonaro (RJ), prometeu nesta sexta-feira dar retaguarda jurídica a quem reagir a tentativa de assalto ou de invasão de propriedade. Segundo ele, quem reagir "não será processado, mas sim condecorado". O candidato já havia prometido dar retaguarda jurídica a policiais civis e militares para atirar e matar e não serem julgados, segundo reportagem de hoje do Valor Econômico.


“Vamos buscar retaguarda jurídica não só para policiais civis e militares, mas para o cidadão de bem também poder reagir à tentativa de alguém tentar surrupiar seu patrimônio ou atentar contra sua vida”, afirmou o candidato em cima de um carro de som em São José do Rio Preto (SP): "Ele poderá reagir e não será processado. Muito pelo contrário. Será condecorado por essa ação de bravura".


Mas os eleitores do capitão precisam refletir bem: do outro lado pode estar um bandido preparado para o crime, mais experiente no assunto e hábil no manejo das armas. A condecoração pode não valer a pena.


Posts recentes

Ver tudo

PIB surpreende e cresce1,2% no 1º trimestre

A economia brasileira começou 2021 em crescimento, confirmando a melhora de perspectivas para o ano como um todo e aumentando as chances de as perdas causadas pela covid-19 serem recuperadas até dezem

Rejeição a Bolsonaro volta ao recorde de 59%

Pesquisa PoderData, do portal Poder360, realizada nesta semana (24-26.mai.2021) mostra que a reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro voltou a subir e igualou o recorde de 59%, uma alta de 5

Ministro Salles acusado de facilitar contrabando

Ao autorizar a abertura da Operação Akuanduba na manhã desta quarta, 19, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, afirmou que as investigações da Polícia Federal descortinaram um ‘

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com