top of page

Atire para ser condecorado



O candidato do PSL à Presidência, deputado federal Jair Bolsonaro (RJ), prometeu nesta sexta-feira dar retaguarda jurídica a quem reagir a tentativa de assalto ou de invasão de propriedade. Segundo ele, quem reagir "não será processado, mas sim condecorado". O candidato já havia prometido dar retaguarda jurídica a policiais civis e militares para atirar e matar e não serem julgados, segundo reportagem de hoje do Valor Econômico.


“Vamos buscar retaguarda jurídica não só para policiais civis e militares, mas para o cidadão de bem também poder reagir à tentativa de alguém tentar surrupiar seu patrimônio ou atentar contra sua vida”, afirmou o candidato em cima de um carro de som em São José do Rio Preto (SP): "Ele poderá reagir e não será processado. Muito pelo contrário. Será condecorado por essa ação de bravura".


Mas os eleitores do capitão precisam refletir bem: do outro lado pode estar um bandido preparado para o crime, mais experiente no assunto e hábil no manejo das armas. A condecoração pode não valer a pena.


Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro na ONU, monte de mentiras e exageros

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Pacheco devolve MP que liberava as fake news

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Fux: ameaça de Bolsonaro é atentado à democracia

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page