Articulações de um prisioneiro

A presidente nacional do PT Gleisi Hoffmann e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad vão se encontrar com Lula a partir de hoje em Curitiba para definir o nome do vice na chapa do PT. Evidente que esse nome – provavelmente Haddad – deve ser o escolhido para ser o candidato do PT à Presidência no caso de impedimento de Luiz Inácio.


Além de Haddad, o partido também guarda a opção Manuela d’Ávila, já oficializada candidata à Presidência pelo PCdoB, ou um vice “laranja”, do próprio PT, com a função de ser um dos porta-vozes de Lula durante a campanha. Esse poderia ser substituído num segundo momento, quando a situação do ex-presidente estiver definida.


O outro plano B dos petistas, o do ex-ministro Jaques Wagner, naufraga: ele tem até domingo para registrar sua candidatura ao Senado pela Bahia.


Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro na ONU, monte de mentiras e exageros

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Pacheco devolve MP que liberava as fake news

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Fux: ameaça de Bolsonaro é atentado à democracia

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que