Alckmin e Amoêdo bem nessa pesquisa


Duas novidades na corrida presidencial da pesquisa FSB, encomendada pelo BTG Pactual e divulgada nesta segunda-feira pela rádio Jovem Pan: Geraldo Alckmin (PSDB) cresceu e alcançou o terceiro lugar e João Amoêdo (Novo) deixou o bloco dos quase desconhecidos, passando à frente de Álvaro Dias (Podemos) e empatando tecnicamente com Fernando Haddad (PT).


No cenário sem o ex-presidente Lula, o capitão Jair Bolsonaro (PSL) continua na liderança com 24% das intenções de voto, seguido de Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin. A pesquisa do Instituto de Pesquisa de Reputação e Imagem Ltda (FSB Pesquisa) ouviu dois mil eleitores por telefone nos dias 25 e 26 de agosto.


O resultado:


1) Jair Bolsonaro - 24%;

2) Marina Silva - 15%;

3) Geraldo Alckmin - 9%;

4) Ciro Gomes - 8%;

5) Fernando Haddad - 5%;

6) João Amoêdo - 4%;

7) Álvaro Dias -3%.


Ainda neste cenário, votos brancos e nulos ou “nenhum candidato” aparecem com 23%.


Na simulação com Lula, o petista fica em primeiro com 35%, Bolsonaro em segundo com 22%, seguido de Marina com 9%, Alckmin com 6%, Ciro aparece com 5%, Amoêdo acumula 4% e Dias 2%. Branco, nulos ou “nenhum candidato” têm 11%.


O instituto chama a atenção para o crescimento de João Amoêdo, que ficou em terceiro lugar na pesquisa espontânea com 3%, atrás só de Lula e Bolsonaro.

Posts recentes

Ver tudo

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que