A vaquinha de Pimentel

A vaquinha online do governador de Minas Fernando Pimentel (PT), candidato à reeleição, está sendo abastecida com doações de dirigentes e funcionários das estatais, segundo a Folha. Dos R$ 43.897,65 arrecadados até agora, 82% são de pessoas com algum vínculo com o governo ou com o próprio petista. Esses dirigentes das estatais ostentam alguns dos melhores salários da máquina estatal. Entre os doadores está o presidente do BDMG (Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais), Marco Aurélio Crocco Afonso, que contribuiu com R$ 7.000. Outros R$ 7.000 vieram de funcionários do banco controlado pelo governo. A vaquinha não é ilegal e tem sido usada com frequência pelo PT: começou com a arrecadação de fundos para livrar seus detentos da cadeia.

Cadastre-se para receber as análises por e-mail

© 2023 by Talking Business.  Proudly created with Wix.com