A cópia do mau exemplo

O refrão que elegia Enéas Carneiro voltará a ser gritado em São Paulo nas eleições deste ano. Dessa vez, como "Meu nome é Bolsonaro", com o qual Eduardo Bolsonaro, deputado federal e filho do pré-candidato a presidente Jair, pretende se reeleger e puxar outros nomes desconhecidos para fortalecer o nanico PSL. A meta do partido é conseguir dois milhões de votos e elevar de dois para cinco os eleitos no Estado, segundo seu presidente, Major Olímpio, agora candidato ao Senado: "Se tudo der errado, ele deve ter 500 mil votos falando em Bolsonaro", disse ao Valor. Em 2014 , Eduardo foi eleito pelo PSC com 82,2 mil votos.

Posts recentes

Ver tudo

PIB surpreende e cresce1,2% no 1º trimestre

A economia brasileira começou 2021 em crescimento, confirmando a melhora de perspectivas para o ano como um todo e aumentando as chances de as perdas causadas pela covid-19 serem recuperadas até dezem

Rejeição a Bolsonaro volta ao recorde de 59%

Pesquisa PoderData, do portal Poder360, realizada nesta semana (24-26.mai.2021) mostra que a reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro voltou a subir e igualou o recorde de 59%, uma alta de 5

Ministro Salles acusado de facilitar contrabando

Ao autorizar a abertura da Operação Akuanduba na manhã desta quarta, 19, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, afirmou que as investigações da Polícia Federal descortinaram um ‘