Aécio e a solidão da política

Atualizado: 5 de Set de 2018

O senador Aécio Neves, agora candidato a deputado federal por Minas Gerais, continua isolado em seu partido, o PSDB. Em São Paulo, o candidato a presidente Geraldo Alckmin afirmou que não subirá em seu palanque: “Não vou estar com ele porque não existe palanque”.


Em Minas, o senador Antônio Anastasia, também tucano, continua a campanha a governador do Estado sem o velho parceiro. Foi pelas mãos de Aécio, então seu vice, que Anastasia foi eleito governador pela primeira vez há oito anos.


Seus colegas de partido o consideram má companhia por ser réu por obstrução de Justiça e corrupção em ação penal desdobrada das delações da J&F.

Ainda assim, pesquisas apontam Aécio como um dos candidatos preferidos do eleitorado mineiro.

Posts recentes

Ver tudo

PIB surpreende e cresce1,2% no 1º trimestre

A economia brasileira começou 2021 em crescimento, confirmando a melhora de perspectivas para o ano como um todo e aumentando as chances de as perdas causadas pela covid-19 serem recuperadas até dezem

Rejeição a Bolsonaro volta ao recorde de 59%

Pesquisa PoderData, do portal Poder360, realizada nesta semana (24-26.mai.2021) mostra que a reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro voltou a subir e igualou o recorde de 59%, uma alta de 5

Porandubas Políticas 717

Panorama Burrice ou estultice? Depois de comparecer duas vezes à CPI da Covid-19, o ex-ministro da Saúde, general da ativa Eduardo Pazuello, compareceu ao ato de domingo passado, um evento de motoquei