14 partidos devem ficar sem recursos em 2019

Atualizado: 10 de Out de 2018

A partir de 2019, 14 dos 35 partidos existentes correm o risco de perder recursos públicos e espaço em TV, que garantem a sua existência, de acordo com a nova regra de desempenho que visa reduzir a pulverização partidária do país, a chamada cláusula de barreira.


Isso porque eles não atingiram a meta de 1,5% dos votos válidos nacionais ou não elegeram 9 deputados federais, em pelo menos 9 estados. É o caso dos partidos Rede, da presidenciável Marina Silva, do PC do B, vice na chapa de Fernando Haddad (PT) e o PRTB, único formalmente aliado a Jair Bolsonaro (PSL).


Ainda há possibilidade de mudança, mas veja abaixo a lista dos partidos que estão na "zona de rebaixamento".


Fonte: Folha de S. Paulo


Posts recentes

Ver tudo

Bolsonaro na ONU, monte de mentiras e exageros

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas teve repercussão negativa no exterior e entre observadores da política externa brasileira e parlamentares. Pa

Pacheco devolve MP que liberava as fake news

Em nova derrota do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), devolveu a medida provisória que alterava o Marco Civil da Internet e dificultava a remoção de conteúdo

Fux: ameaça de Bolsonaro é atentado à democracia

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro participar de atos antidemocráticos e ameaçar “descumprir” decisões do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, Luiz Fux, afirmou nesta quarta-feira que